O Sermão Pelo Avesso

Prefiro o avesso

Travesso

Em desapego

Do que o desavesso

Apego

Como cresço?

Sem emprego

Que não tem preço

Algo que não mereço

O desemprego

O desapreço

Oh Deus!

A mentira

Como arma

Que mira

Na vida

Na verdade

A tira

No governo

Um desgoverno

No desavesso

Sem traquejo

Maldito “trecho”!

(…)

Ah!

Isso não desejo

E nem aceito

O desafeto

Aperto

No peito

Sem pai

Sem mãe

Sem irmão

“Sem reais”

No bolso

Só ideais

Quem é amigo?

Na aflição

Comigo

No sermão

Na montanha

No deserto

Na contramão

Sem Mão

Sem Norte

Sem Forte

Sem Ponte

Sem Porte

Sem Sorte

Sem Nome

Um Trote

Um Corte

Há Fome

À Morte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s