O Fim da Ópera Desafinada

Hoje é o último e grande dia inesperado, o fim da ópera desafinada! Alguns se alegram, outros choram de nostalgia.

E eu, não sei que sentimentos me tomarão de acordo com as circunstâncias. Depois das quatro estações tão mal tocadas de Vivaldi entre a quinta sinfonia de Beethoven. Confrontos, tensões de pan, pan, pan, pannnn…

Continuar lendo

Olavo tinha razão! ou ?

Não subestimo a inteligência de Olavo de Carvalho, apesar de seus delírios intelectivos assombrosos. Porém, um de seus erros, talvez foi ter embarcado numa aventura política ultrapassada e desastrosa de uma extrema-direita mofada de apoio a esse desgoverno por ódio antigo da esquerda brasileira. Continuar lendo